Glossário - Antão José Lopes da Luz

Acervo espiritual: É a bagagem, o somatório de valores adquiridos pelo espírito no decorrer das suas reencarnações rumo ao seu aperfeiçoamento.

Astral inferior: É a zona do espaço (atmosfera terrestre) habitada por espíritos materializados / obsessores. Dá-se também esta designação aos habitantes dessa zona.

Astral Superior: Zona do espaço habitada por espíritos adiantados. Têm também essa designação, o coletivo dos habitantes dessa zona.



Aura: É uma névoa ou nuvem fluídica (atmosfera) que circunda todos os seres (corpo humano, os graníticos, minerais, vegetais e animais) e mundos (formados ou em formação). É a emanação (irradiação) das três vidas que constituem os corpos: vida inferior, vida intermédia e vida superior.

Cordões fluídicos: São constituídos de vida anímica e ligam o corpo carnal ao corpo astral.


Corrente fluídica: É o todo homogéneo ou perfeito constituído pela força anímica e o pensamento partidos de cada pessoa que se coloca à volta da mesa dos trabalhos. As pessoas são escolhidas pelo Astral Superior e formam o íman de atração dos corpos, aplicada ao mundo invisível, aos dois elementos componentes do Universo – Força e Matéria. Esse íman atrai à corrente fluídica os espíritos superiores e inferiores, conforme o fim almejado pelo Astral Superior que a organizou.
Há uma outra corrente fluídica formada pelo Astral Superior, em volta da mesa das sessões e por trás dos médiuns e esteios, que assim ficam protegidos e garantidos. Esta dupla corrente formada pelo fluído do astral superior é luminosa.

Desdobramento: Dá-se quando o corpo dorme ou a criatura está em concentração. O espírito se desprende do corpo, forma o seu corpo astral e se afasta, continuando todavia sempre ligado ao corpo físico por cordões fluídicos.

Desejo: É uma coisa toda material, a criatura quer satisfazer os seus caprichos;

Desencarnação: É o abandono, a retirada definitiva do espírito daquele corpo que lhe serviu de veículo no mundo Terra.

Desobsessão: É a normalização dos obsedados que se faz inteira e radicalmente com a intervenção do Astral Superior. A desobsessão é feita, com melhores resultados, nas correntes fluídicas organizadas nas Casas Racionalistas Cristãs, mas também se pode normalizar o obsedado onde não existirem filiados ou correspondentes do Centro Redentor, mas sob a orientação deste.

Encarnação: É o ato de o espírito tomar posse do corpo que lhe vai servir de veículo neste mundo para, através dele, se depurar e alcançar maior evolução. Expulsado pelo útero a criança normalmente chora o que denúncia que o espírito se apossou do seu corpo, passou a incitá-lo e a movimentá-lo. Deu-se a encarnação do espírito.

Espírito: É uma partícula, parte integrante, do Grande Foco, cuja essência é luz, em evolução neste planeta e que já dispõe da faculdade do livre arbítrio.

Espírito de luz ou Espírito Superior: Espírito que já atingiu a 18ª. Classe de mundos numa série de 33.

Fecho: É o componente da mesa de trabalhos que fica do lado oposto ao do presidente e a quem compete fazer as irradiações em voz alta.

FORÇA: É o Grande Foco gerador de todas as forças da natureza física e astral. É o primeiro dos dois únicos elementos componentes do Universo (o outro é a Matéria).
É o agente ativo, transformador. É inteligência, é poder, é o princípio que tudo anima.

Grande Foco: É a força inteligente, é a VIDA UNIVERSAL difundida no espaço e no tempo e expressa como Unidade. O mesmo que FORÇA.
Emprega-se a expressão Força quando se trata da sua associação com a Matéria e Grande Foco quando se quer exprimir o agente universal, na sua concepção infinita.

Intuição: É um pensamento recebido pelo nosso espírito e emitido por um terceiro. A intuição pode ser boa ou má, dependendo do seu emissor.

Irradiações: Irradiações são simples preparo mental e quem as faz não visa obter favores nem a proteção de quem quer que seja. Sua finalidade é a de higienizar a mental e visa a sintonia espiritual dos seres com a Harmonia Universal. Essa comunhão do indivíduo com o TODO, através da vibração espiritual de cada ser, é benéfica e de valor inestimável. As suas palavras não são para serem ditas mecanicamente, mas tentando entender, pela compreensão, toda a sua elevada extensão

Irradiações ou efluviações: São descargas fluídicas. Podem ser boas ou más.

Leis Universais: O Universo é regido por essas leis. São leis estabelecidas pela Inteligência Universal – Grande Foco, algumas de complicadíssima sabedoria e que perturbam e assustam o homem. Encerram todos os segredos, estabelecem todas as verdades, comunicam todas as ciências e especificam todos os fenómenos. Tudo e todos estão sujeitos a essas leis.

Limpeza psíquica (a): É a higiene mental que cada pessoa deve fazer através de irradiações ao Astral Superior. É tão necessária ao espírito quanto a higiene física é ao corpo carnal.

Livre arbítrio: É a liberdade de cada um praticar os atos que bem entender, resultando daí a responsabilidade plena e absoluta dos atos praticados. É uma força inata na vontade de cada ser encarnado.
É um dos três elementos de valor real que cada ser em si contém para auxiliar o seu progresso. Os outros dois são a mediunidade e o raciocínio.

MATÉRIA: É o segundo elemento constitutivo do Universo e de todos os seres, quer físicos quer astrais. Matéria é o fluído astral ou fluído cósmico universal. Tem por fonte, por origem a vida inferior que compõe a atmosfera (aura) de todos os mundos que rolam no Espaço. Este fluído condensado a uma certa temperatura dá o metal, rochas, constituindo a imensa variedade de corpos da natureza. Quando dilatado em proporções extremas temos o éter. Os estados da matéria são inúmeros.
É o elemento passivo, inerte, plasmável. Não possui atributos.

Médium: É o intermediário entre o plano físico e o plano espiritual (astral). É o instrumento experimental da ciência Racionalista Cristã.

Mediunidade: É uma condição de vida dos seres inata no próprio espírito de cada um. Exemplo: a vidência, a audição, a telepatia, a de efeitos físicos, a intuição comum a todos os seres, etc. A mediunidade é a faculdade de maior valor que o espírito em si contém.

Morte: É uma concepção errada, pois ela nunca existiu. Pelas Leis Naturais e Imutáveis que regem o Universo, onde só existe Força e Matéria, esta está num permanente agregar e desagregar e aquela a evoluir.

Mundos de estágio: São mundos espirituais, para onde vão os espíritos após a desencarnação. Habitações dos espíritos livres da matéria organizada onde repousam essas partículas da inteligência universal, pode-se dizer que é a morada do espírito entre duas encarnações. São os mundos da 1ª à 17ª Classe.

Mundos de Luz, Esferas ou Planos: São mundos que rolam no Espaço Infinito todos habitados por partículas do Grande Foco ou Inteligência Universal.
Esses milhares de mundos subdividem-se em 5 séries, a saber:
Mundos Materializados - do 1º. ao 5º.
Mundos Opacos - do 6º. ao 11º.
Mundos Brancos - do 12º. ao 17º.
Mundos Diáfanos - do 18º. ao 25º.
Mundos de Luz Puríssima - do 26º. ao 33º.
Essa classificação assim determinada pelos Espíritos Superiores é para facilitar a compreensão da matéria explanada na obra básica da Doutrina o “Racionalismo Cristão”

Obsessão: É doença, é perturbação da alma, é a ação dos maus elementos, maus espíritos, que cercam e rodeiam o paciente, subjugando-o em todas as suas ações, imprimindo-lhe todas as suas vontades.

Os espíritos obsessores: Elementos fluídicos danificadores, são atraídos, por estreita afinidade, pelas criaturas mal-humoradas, vingativas, invejosas, irritadas, desonestas e também as que alimentam fraquezas e vícios.
A ação dos obsessores pode ser branda ou violenta, de acordo com os sentimentos que os animam, como paixão, ódio, vingança, ciúme, etc.

Pensamento: É a vibração do espírito, partículas do próprio espírito. O pensamento tem por fonte, por origem, o espírito. Os pensamentos da mesma natureza se atraem, os pensamentos de natureza oposta se repelem.

Plasma: Matéria mais ou menos viscosa e moldável.

Plêiade do Astral Superior: É o coletivo dos espíritos do Astral Superior.

Racionalismo Cristão: Ciência Cristã cujo estudo fornece o conhecimento sobre o homem espiritual, o homem corpóreo e também ensinamentos de ordem moral e intelectual. Tem por fim esclarecer as criaturas sobre o mundo invisível, provando a existência da alma, sua preexistência e sobrevivência ao corpo.

Reencarnação: É a sucessão das existências ou multiplicidade de vidas corpóreas de uma individualidade consciente – o espírito humano; e é condição essencial ao seu progresso.

Sono: Resulta da necessidade da suspensão da atividade psíquica junto ao corpo.

Sonho: É um fenómeno psíquico ou espirítico. Seja ele bom ou mau atesta sempre sobre o estado psíquico da criatura. O indivíduo em bom estado psíquico, em geral, não sonha.

Vontade: Tem origem no espírito. É um atributo do espírito. Vontade é firmeza que se traduz em decisão, em constância.